teste do iE

Aguar - Sistema de irrigação

Notícias

voltar

Sistema de gotejamento garante redução dos custos, ampliação de produtividade e economia de água

19/11/2015

Com os fantasmas de uma possível crise hídrica assombrando os brasileiros, uma técnica de irrigação na agricultura começou a se destacar. O sistema de irrigação por gotejamento pode ser uma alternativa eficaz na economia de água, que favorece a redução dos custos e a ampliação da produtividade.

Na irrigação por gotejamento, todas as culturas são beneficiadas. A água é aplicada de forma pontual, junto ao sistema radicular da planta, por meio de gotas, diretamente ao solo. De acordo com especialistas, o gotejamento pode garantir, em média, 40% de economia do volume hídrico, em comparação ao sistema de aspersão.

Isso também significa uma economia de consumo de água em torno de 20% a 40%.

O vice-presidente da Sociedade Nacional de Agricultura, Joel Naegele, defende a técnica e destaca a tecnologia estrangeira como exemplo. “É uma constatação universal. Basta citar os israelenses que, mesmo com uma enorme carência de água, conseguiram transformar desertos em regiões produtivas. Não há desperdício e o controle pode ser feito por monitoramento”.

O sistema pode ser visto ainda como um investimento em técnicas de produção sustentável, com valor agregado, atendendo a atual tendência de demanda por parte dos consumidores. “Por aspersão o por inundação as perdas são reais e incalculáveis”, explica o vice-presidente da SNA.

Estas gotas, ao se infiltrarem, formam um padrão de umedecimento denominado “bulbo úmido”, que pode ser estendido por toda uma faixa de terra.

Neste caso, graças ao gotejamento, a planta tem a quantidade necessária de recurso hídrico para crescer, e suas raízes podem ainda receber nutrientes com o auxílio de uma técnica denominada fertirrigação.

Comentários